Como Empreender com Artesanato

Já imaginou transformar seu hobby em profissão e gastando pouco, é sobre isso que vamos falar...

Neste momento muitas famílias estão perdendo seus empregos e entrando em pânico por não saber o que fazer para ter uma renda extra, até se recolocar no mercado de trabalho e muitos ainda dizem não tenho nada para começar um negócio.... E é sobre isso que vou falar neste post.

Hoje eu quero incentivar muitas pessoas a fazer do seu hobby uma profissão rentável, vamos começar fazendo um projeto de trabalho, que vai desde a criação da coleção, a escolha dos materiais para começar e divulgação, onde divulgar e de que forma.

Nesta postagem vou falar da costura criativa, mas você pode aproveitar as dicas e levar para outras áreas como: culinária, bordado, pintura, saboaria entre muitas outras técnicas artesanais.








Muitas vezes quando a pessoa resolve empreender com artesanato a primeira questão é: Vou gastar muito, não tenho dinheiro: Então vou dar aqui algumas dicas de como se planejar e trilhar cada passo de uma vez sem se endividar.

Aqui vou usar como referência um kit que faço muito para venda no ateliê, onde utilizei 0,50 cm de tecido tricoline estampado e 0,50 de tricoline para o forro, ambos de primeira linha, sem deixar cair a qualidade do trabalho. 






Primeiro passo quando vamos fazer artesanato é definir para qual nicho vamos produzir:

Feminino

Bebe/infantil

Cozinha

Banheiro

Decoração

Eu hoje faço de tudo um pouco, mas nos primeiros 10 anos eu só trabalhei com pano de prato e peças para bebe;

Atualmente gosto de fazer os kits femininos, tem muita procura, pois a mulher moderna gosta de uma bolsa organizada, de ter tudo organizado em seu guarda roupa com beleza e praticidade.

Dicas de como começar um negócio no artesanato gastando pouco.

1-      Escolher um seguimento para trabalhar (aqui será a costura)

2-      Definir um nicho para produzir (nicho que estou indicando nesta postagem feminino)

3-      Peças que irá produzir inicialmente (aqui estou dando a dica de peças femininas)

4-      Após se responder as primeiras perguntas, precisa saber o poder aquisitivo do seu público para definir as peças.

Nosso seguimento será a costura criativa e o nicho será o público feminino, não defini idade, pois as peças pode atender desde uma adolescente até uma mulher com mais idade.

As peças escolhidas foram carteira, carteira porta celular, porta absorvente, estojo e aproveitando as sobras e o momento fiz duas mascaras;

O tecido utilizado foi uma das estampas que está em promoção aqui na loja por 19,90, para produzir essas peças utilizei 0,50 cm de cada: estampa e forro;

Em seguida vem os gastos com linha de carretel, botão tic tac, zíper + cursor, mosquetão e argola meia lua, que por ser peças pequenas ou pouca quantidade acabamos não incluindo no valor da peça;

Como as peças não são grandes usei retalhos de manta R1, mas se você está começando precisará de 0,50 cm de manta R1, para estruturar as peças.

A manta deve ser um produto de boa qualidade, pois esse material se for de qualidade baixa, sua peça terá vida curta, e esse tipo de acontecimento faz com que o cliente não volte para comprar outras peças.


 

Nestas peças, sem contar os gastos fixos somando somente os gastos variáveis posso dizer que gastei 38,90 para fazer as peças descritas a baixo. Também estou colocando o valor que vendo cada peça, assim fica um exemplo que se tiver um portfólio com 5 ou 6 peças dá para variar sem gastar demais e utilizando todos os pedacinhos de tecidos, sem jogar nada fora.

Careira Dupla- 50,00

Carteira Porta Celular 35,00

Mascara 8,00 (mascaras são 2 peças 16,00)

Estojo – 22,0

Porta absorvente- 25,00

Total 148,00

Quem tem habilidade com costura consegue produzir todas as peças em um dia de trabalho e, se organizar em esquema de produção consegue até mais peças por dia.

Vejam que é possível ter um portfólio com peças uteis e bonitas, com qualidade e gastando pouco, não tem desculpa para não oferecer ao seu cliente um produto de qualidade.

Uma dica muito útil é ter pelo menos todas as peças em 3 estampas diferentes, assim atende um público maior: por que quem não gosta de rosa, pode gostar do bege, quem não gosta de estampa floral pode gostar de uma estampa com gatos ou cachorros seguindo por esse caminho sempre agradará alguém. 



Divulgando seu trabalho

Com as peças prontas, hora de encontrar na casa locais para fazer boas fotos das peças individuais, todas juntas e até com acessórios como o porta absorvente que pode ser fotografado com os absorventes, a carteira pode ser fotografada dentro da bolsa ou na mão como dica de usar só a carteira;

Após fotografar é hora de ir para todas as redes sociais e fazer postagem mostrando para seus clientes as peças e dando dicas de como utiliza-las, isso pode motivar a pessoa a adquirir as peças mais facilmente;

Utilize o status do watt zap para divulgar seus trabalhos, pode colocar fotos lá 2 ou 3 vezes por dia e todos seus amigos saberão que você tem peças prontas e que podem vim retirar.

Aqui dei algumas dicas de como empreender com a costura, mas também tem de buscar conhecimento em outras áreas como o Sebrae e outras empresas que ajudam o microempreendedor a seguir de forma certeira, sem cair em ciladas, pois não existe milagres nem passe de mágica, exigirá de você muita dedicação e conhecimento se quiser crescer em qualquer área.



Com essa postagem espero conseguir ajudar muitas pessoas que no dia de hoje está perdido sem saber por onde recomeçar;

Deixem seus comentários vamos motivar muitas pessoas e fazer desse momento um recomeço.

Desejo a todos um ótimo dia. Bjinhos.

Todos os materiais utilizados nesses trabalhos podem ser adquiridos em nossa loja virtual.

Loja Virtual

Comentários